Alimentação como potencializador dos resultados do Pilates

Foto: Nutrição em foco

O Pilates, método criado pelo alemão Joseph Pilates,  ganhou popularidade no Brasil e invadiu as academias e estúdios dos grandes centros.

É um método que combina arte e ciência e a sua  intenção é promover o desenvolvimento equilibrado da mente e do corpo, garantindo  condicionamento físico e podendo alongar, tonificar e ainda corrigir defeitos musculares.  Este método possui como princípios básicos a respiração, a concentração, o controle, a fluidez, a precisão e a centralização. As atividades são iniciadas em níveis de menor grau de dificuldade e depois vão progredindo através de elemento.

Como toda atividade física, há um gasto calórico elevado – cerca de 500kcal por aula – porém, a perda de peso não é o objetivo principal deste método.

Portanto, para o praticante que procura emagrecer é importante associar ao pilates um programa nutricional, capaz de lhe garantir energia e força para o seu dia a dia e ainda sobrar para as aulas. É preciso então, ter uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis, para garantir um bom desempenho na atividade física e deixar os problemas que afetam a imunidade bem longe.

 
Dicas de alimentação para o Pilates

– A fruta torna-se um dos alimentos mais recomendados para os praticantes de Pilates, pois gasta pouca energia para ser digerida e dá retorno máximo de energia que o seu corpo precisa;

– Proteína: ajuda na construção muscular, porém deve ser consumida com orientação personalizada, pois o consumo excessivo pode prejudicar o metabolismo;

-Probióticos: beneficiam o funcionamento do corpo, pois atuam sobre o equilíbrio intestinal. Pode ser encontrado em leites fermentados e iogurtes;

– Consumir alimentos ricos em vitaminas C e E pois são antioxidantes e necessários para evitar o desgaste do organismo, podendo ajudar a  reduzir as lesões oxidativas causadas pelo exercício;

– Fibras alimentares: ajudam na manutenção e regulação do intestino e desempenham papel importante na ativação do sistema imune;

– Peixes como o salmão e a sardinha contêm ômega 3, que ajuda na diminuição do risco de doenças cardiovasculares;

– Aveia e cereais integrais ajudam na diminuição do colesterol LDL que, em quantidades elevadas, faz mal ao organismo;

– Beber bastante água durante todo o dia e fazer uma dieta equilibrada, com quantidades adequadas de calorias e nutrientes com um plano alimentar personalizado.

O pilates além de fazer bem ao corpo, no sentido de fortalecer as fibras musculares e melhorar o equilíbrio, também é um exercício para a mente, de autocontrole e consciência corporal. Se aliado a bons hábitos alimentares encerra-se um tripé de bons cuidados ao corpo: corpo-mente-alimentação.

Dicas para um melhor rendimento físico no Pilates

  • Ao aumentar a coordenação e a força nos músculos abdominais profundos, ou seja, abdominais transversais, a lombar será protegida e estabilizada.
  • Para que o corpo receba a quantidade suficiente de oxigênio para executar o exercício, é importante controlar bem a respiração.
  • Aprenda a controlar o corpo sozinho no solo, pois isso exige muito mais do praticante.
  • Procure não focar sua atenção para a quantidade de repetições e sim na qualidade delas. Faça os exercícios lentamente, de modo que você tenha tempo de organizar o tronco e ter qualidade no exercício.
  • Além dos materiais e equipamentos utilizados na aula de pilates, procure fazer uso do peso do seu próprio corpo.

 

O texto acima tem caráter informativo e não tem a intenção de substituir uma orientação médica ou de um profissional de saúde.

 

 

Fontes: Site Nutrição em foco / Site Corpo Perfeito

 

Anúncios

Sobre Pilates em Casa

PILATES EM CASA é uma proposta de aulas ministradas individualmente ou em duplas, no solo, com uma série de acessórios específicos para o método, e realizadas na própria residência ou espaço escolhido pelo aluno. O Pilates é indicado para todas as pessoas, de qualquer faixa etária e nível de condicionamento físico, uma vez que os acessórios auxiliam ou dificultam os movimentos, conforme desejado. Algumas das coisas que o Pilates pode fazer por você: - Fortalece os músculos; - Promove o equilibrio entre força e flexibilidade, reduzindo o risco de lesões; - Melhora a performance das atividades diárias e profissionais; - Melhora a postura e a mobilidade das articulações, aliviando dores; - Alivia o estresse; - Melhora a capacidade de concetração. O Pilates pode ser praticado pelos mais diferentes grupos: gestantes, idosos, atletas, atores, bailarinos e pessoas que desejam melhorar sua aptidão física sem o desconforto e tumulto das academias. Nas aulas em solo, os alunos usam acessórios como bolas, rolos, discos de rotação, dentre outros. Alguns benefícios de fazer PILATES EM CASA Comodidade Economia Segurança Para saber mais acesse http://luanaaraujosite.wix.com/site
Esse post foi publicado em Aulas, Condicionamento Físico, Pilates e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s