Música e Pilates

É típico, da maioria dos estúdios de Pilates, não ter música como parte da aula. Isso acontece por ser muito difícil ter o equilíbrio mente-corpo sem nenhuma distração.

As pessoas que iniciam no Pilates, sem dúvida alguma, precisam compreender todas as explicações. O foco é ter controle da respiração, alinhamento, estabilidade e não no ritmo da música.

Uma pesquisa feita, nos Estados Unidos, mostra que a música dentro de uma aula de Pilates, vai contra a grande parte dos métodos de ensino, que buscam concentração total do aluno.

Mas se o aluno mantiver, com equilíbrio, os movimentos dos exercícios, a música pode ajudar a conectar os participantes em um nível mais profundo da respiração, alinhamento e a percepção do próprio corpo?

Elizabeth Larkam, que possui experiência como instrutora de Pilates a mais de 20 anos, responde: “Um som bem escolhido, pode criar um fluxo…que sustenta movimentos suaves com harmonia. Isso permite integração da respiração, a atenção e a forma física.

A música também pode inspirar o instrutor a falar suavemente, acompanhando a melodia do som e sintonia do aluno com os exercícios.

Alguns instrutores usam a música em diferentes tipos de aulas de Pilates, incluindo Reformer, Solo, Circulo Mágico e sessões privadas.

A música não é indicada para iniciantes. Ela é usada pra relaxar os alunos e não determinar ritmos aos seus movimentos.Se a música tiver um efeito controverso ela pode fazer com os alunos não atinjam o equilíbrio de seus movimentos.

A música ambiente tem como função elevar a energia da turma. Introduzindo a música em uma turma de Pilates, pode ou não, coreografar os movimentos. Isso vai depender da natureza da sessão, dos alunos e do objetivo do instrutor. “Apesar de ter coreografado alguns movimentos do Pilates, com um grupo de profissionais atuantes, não faço coreografias com alunos ou em sessões privadas.” – Diz Elizabeth. “Em minha opinião, o desempenho do iniciante deve ser correto, até que seja possível uma variação individual.

Atenção: A música não dever ser usada com novos alunos. Somente com o princípio corpo-mente solidificados, é que pode ser introduzido um novo elemento para melhorar ainda mais a experiência dos alunos com o Pilates.

Fonte: http://www.inneridea.com

Anúncios

Sobre Pilates em Casa

PILATES EM CASA é uma proposta de aulas ministradas individualmente ou em duplas, no solo, com uma série de acessórios específicos para o método, e realizadas na própria residência ou espaço escolhido pelo aluno. O Pilates é indicado para todas as pessoas, de qualquer faixa etária e nível de condicionamento físico, uma vez que os acessórios auxiliam ou dificultam os movimentos, conforme desejado. Algumas das coisas que o Pilates pode fazer por você: - Fortalece os músculos; - Promove o equilibrio entre força e flexibilidade, reduzindo o risco de lesões; - Melhora a performance das atividades diárias e profissionais; - Melhora a postura e a mobilidade das articulações, aliviando dores; - Alivia o estresse; - Melhora a capacidade de concetração. O Pilates pode ser praticado pelos mais diferentes grupos: gestantes, idosos, atletas, atores, bailarinos e pessoas que desejam melhorar sua aptidão física sem o desconforto e tumulto das academias. Nas aulas em solo, os alunos usam acessórios como bolas, rolos, discos de rotação, dentre outros. Alguns benefícios de fazer PILATES EM CASA Comodidade Economia Segurança Para saber mais acesse http://luanaaraujosite.wix.com/site
Esse post foi publicado em Aulas, Pilates e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s